Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /disco/www/cm/wp-includes/class-wp-post-type.php on line 526
Outras histórias – Centro de Memória do Ministério Público do Estado do Acre

Outras histórias

Território Federal do Acre - 1949

Na íntegra, documentário produzido por Medeiros Filmes, em 1949, durante o governo do coronel José Guiomard dos Santos, com direção de Francisco J. Ferreira. “Este filme vem a ser um relatório cinematográfico do Território Federal do Acre cujas terras ficam muito longe do litoral brasileiro, a cerca de cinco mil quilômetros de Belém do Pará, principal mercado de abastecimento da Planície Amazônica”, explica-se logo no começo. A certa altura um pequeno erro: “Rio Branco, capital do Acre, cortada pelo rio do mesmo nome…”. Mas vale a pena assistir e constatar que os verdadeiros heróis desta terra foram os seus pioneiros na superação das adversidades em ambiente hostil.

Raimundo Mendes - Sua História

Vídeo cedido por Libério Souza e Assis Martins

Padre Paolino Baldassari - Sua História

Vídeo cedido por Libério Souza e Assis Martins

Nilson Mendes - Reserva Chico Mendes

Vídeo cedido por Libério Souza e Assis Martins

Nilson Mendes - Seringueiro

Vídeo cedido por Libério Souza e Assis Martins

Luiz Targino - Sua História

Vídeo cedido por Libério Souza e Assis Martins

Luiz Targino - Empate

Vídeo cedido por Libério Souza e Assis Martins

Joel Ferreira Puyanawa - Sua História

Vídeo cedido por Libério Souza e Assis Martins

Especiais - Acre - História de um Povo - Bloco 1

O atual estado do Acre tornou-se brasileiro após conflitos entre bolivianos e brasileiros ao final do sec. XIX e início do sec. XX. A população brasileira era majoritária na região e recusou-se a soberania boliviana. Houve várias batalhas até a compra de toda a região pelo governo brasileiro Publicado pela primeira vez na internet em 13/01/2011

Especiais - Acre - História de um Povo - Bloco 2

O atual estado do Acre tornou-se brasileiro após conflitos entre bolivianos e brasileiros ao final do sec. XIX e início do sec. XX. A população brasileira era majoritária na região e recusou-se a soberania boliviana. Houve várias batalhas até a compra de toda a região pelo governo brasileiro Publicado na internet em 13/01/2011

Especiais - Acre - História de um Povo - Bloco 3

O atual estado do Acre tornou-se brasileiro após conflitos entre bolivianos e brasileiros ao final do sec. XIX e início do sec. XX. A população brasileira era majoritária na região e recusou-se a soberania boliviana. Houve várias batalhas até a compra de toda a região pelo governo brasileiro Publicado na internet em 13/01/2011

Nos extremos da floresta

Acre: Nos extremos da floresta. Globo Repórter exibido em 09/07/2010.

RIO BRANCO - Imagens em vídeo de 1917

Este vídeo foi feito com trechos do Documentário "Ao Redor do Brasil (1939)", e mostra imagens da cidade de Rio Branco por volta de 1917. "Um dos primeiros documentários etnográficos do Brasil. Em 1917, o Major Thomaz Reis pegou uma câmera e, com o auxílio do exército, saiu filmando pelos interiores mais inexplorados do país nas expedições do Marechal Rondon. Há aqui um pouco do ufanismo nacionalista dos primeiros anos do governo Vargas. De início temos o rio Ronuro e a descida do rio em canoas. O Ronuro desemboca no Xingu. Depois de 40 dias de viagem os exploradores da Comissão Rondon chegam à confluência do Ronuro com o Coluene, ambos formadores do Xingu. A expedição sobe o Coluene. Descrição dos locais por onde passou a expedição do Coronel Fawcett. Primeiro contato com os índios da região. Vários agrupamentos indígenas são apresentados: os camaiurás, aurisevus, auétis e ianahuquás. Um trabalho de identificação dos indígenas e preenchimento da respectiva ficha antopométrica. A seguir vem a região do Araguaia com cenas dos carajás. Na Ilha do Bananal é mostrado o posto do Serviço de Proteção aos Índios. A expedição dirige-se ao Tocantins. As riquezas da região: cacau, borracha e castanha. No Tapajós são mostradas as instalações e plantações de borracha da Ford; a cidade de Fordlândia a 120km de Santarém. No rio Negro a expedição avança para o norte até a fronteira com a Venezuela. A expedição passa a seguir para o território do Acre e sua capital, Rio Branco. A fronteira com a Bolívia. Porto Velho e a estrada Madeira-Mamoré. A cidade de Guajará-Mirim e o extremo norte da região fronteiriça acreana (cidade Príncipe da Beira). Passa-se depois para Vila Bela, antiga capital de Mato Grosso. A expedição desce o Rio Cabixis, encontrando-se com o aldeamento dos nhambiquaras. Visita ao Porto Pacahas Novos. A expedição caminha pela região fronteiriça do Mato Grosso até chegar as águas do rio Paraguai. Descida do Paraguai" Visitem: http://www.docspt.com/ (Maior fórum de documentários dublados ou legendados em língua portuguesa.) http://docsprimus.blogspot.com/ (Blog especializado em documentários.) Sáimon Rïver Porto Velho/RO - Amazônia - BRASIL 2013